Loja Zaion

ZAION STREET SURF WEAR

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

O FRUTO DO ESPÍRITO - LONGANIMIDADE



 "Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei."(Gl 5.22,23).

Longanimidade (gr. makrothumia): Tolerância, Paciência e Perseverança:

   As pessoas que possuem esta virtude do Espírito Santo, executam de modo complacente as tarefas mais desprezíveis ou árduas como se servisse ao próprio Deus.
   Após o apóstolo Paulo falar sobre a "paz" ele irá falar sobre a "paciência". O cristão que tem paz, consequentemente tem paciência e o contrário também é verdadeiro. 
   Na divisão que utilizamos na introdução, paz é a última virtude do primeiro grupo, nosso relacionamento com Deus. Paciência é a primeira virtude do segundo grupo, nosso relacionamento com o próximo. Observe que ambas estão intimamente ligadas propositalmente pelo Espírito.

Vejamos a operação da longanimidade na vida do cristão:

1)   Suporta as implicações e provocações dos outros;
2) Suporta todas as tribulações e dificuldades da vida sem murmurar ou reclamar;
3)   Recusa-se a entregar-se à paixão ou às explosões de ira;

   Paulo observou que os gálatas necessitavam muitíssimo de paciência e por isso enfatizou esta virtude. Podemos notar nas suas palavras que provavelmente  eles estavam se dividindo por causa das muitas contendas e por dar ouvidos a falsos profetas,  estavam abandonando o Evangelho(Gl 5.7), estavam brigando entre sí ao ponto de quase matar um ao outro(Gl 5.15). Neste cenário é que Paulo contrasta as obras da carne com o do Espírito.

   Vejamos agora a procedência da longanimidade.
   Atributo de Deus: 
O SENHOR é longânimo e grande em misericórdia, que perdoa a iniqüidade e a transgressão”(Nm 14.18). O SENHOR é misericordioso e compassivo; longânimo e assaz benigno.(Sl 103.8) 

Atributo de Cristo: 
Mas, por esta mesma razão, me foi concedida misericórdia, para que, em mim, o principal, evidenciasse Jesus Cristo a sua completa longanimidade, e servisse eu de modelo a quantos hão de crer nele para a vida eterna(1Tm 1.16).

   A quem é destinada a longanimidade? 
  Atributo proposto ao homem:  
"com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,"(Ef 4.2); "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade; Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós;"
(Cl 3.12,13);
Atributo do cristão a ser imitadopara que não façais negligentes,  mas imitadores daqueles que, pela fé e pela longanimidade, herdam as promessas.(Hb 6.12). 

Atributo da igreja: contra a hostilidade do mundo. Ora, o Deus da paciência e da consolação vos conceda o mesmo sentir de uns para com os outros, segundo Cristo Jesus,(Rm 15.5)

Por fim a longanimidade deve ser: 
Algo continuo na vida do cristão: Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas.(Tg 5 .7)

Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes. Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo.(Tg 5.11)

Viva Em Cristo, um forte abraço e que Deus te abençoe.
Pastor Edson
 

5 comentários: